A origem das bonecas

As primeiras bonecas de que se tem notícia são datadas de 3.000 a 2.500 a.c  no Egito Antigo,  durante a época do Médio Império, talhadas de Madeira ou forjadas no barro, eram chamadas de bonecas de remo e  tinham o objetivo de acompanhar os faraós  na incursão aos mundos dos mortos  substituindo os parentes de escravos, para lhes servirem de criadas na outra vida.  Algumas eram mais elaboradas com  roupas, cabelos humanos, braços e pernas articulados.

Na civilização grega  as bonecas de terra cozida e membros articulados, já eram encontradas nos quartos das crianças. Brincar de boneca era uma atividade relacionada com os ritos da fecundidade e tinham valor de oferenda ao sagrado.

Durante séculos ,  os seres humanos tiveram a sensação de que das bonecas emanava algo de sagrado e de maná – um pressentimento irresistível e impressionante que influencia as pessoas, fazendo com que mudem espiritualmente. (…) Acredita-se que as bonecas sejam impregnadas de vida por quem as criou. Ela são usadas em ritos, rituais, vodus, feitiços de amor e de maldade. Elas são empregadas como símbolos de autoridade e talismãs para lembrar à pessoa da sua própria força.

Cristiane Richter

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s