A encantadora de baleias

whale-rider-desktop1024x768

O filme é de 2002, e finalmente consegui reassisitir ( Netflix)!!!

A tribo Maori, que vive no leste da Nova Zelândia, acredita ser descendente de Paikea, o domador de baleias. Segundo a lenda, há milhares de anos a canoa de Paikea virou em cima de uma baleia e ele, cavalgando-a, liderou seu povo até um local para viver. A tradição da tribo Maori diz que o primeiro filho do chefe da tribo seria considerado descendente de Paikea e líder espiritual do povo. Porém, após a morte do atual líder, quem deve assumir o posto é sua irmã, Pai (Keisha Castle-Hughes), uma garota de apenas 11 anos.

No entanto,  Pai precisa enfrentar a resistência de seu avô, Koro (Rawiri Paratene), que insiste na manutenção da antiga tradição de que o chefe da tribo deve ser um homem e portanto ignora sua neta.

Um filme sensível que mostra tanto as lindas paisagens da ilha, como a rica cultura Maori.Aborda com delicadeza  o choque entre as antigas tradições e a atualidade, mostrando com fidelidade como estas se misturam ao longo das gerações.

Fica a preciosa lição  da necessidade de transformação daquilo que não funciona mais, colocando em movimento o estagnado,  o velho e o enrijecido, como por exemplo, o poder supremo do patriarcado  que confere status  apenas ao homem. O filme trata , deste modo, da resistência  e da coragem do matriarcado para assumir um lugar de honra, como merecido.

Também ensina como devemos preservar aspectos positivos da cultura, uma vez que,  por meio de seus ritos e tradições   mantém o povo unido  e conferem identidade às pessoas, permitindo unir o terreno ao sagrado e  o concreto ao imaginário.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s